Google+

Teatro das Figuras

FIMA 2017 | “SINFONIA TRÁGICA”

05 de maio de 2017

Sexta-feira | 21h00

/upload_files/client_id_1/website_id_4/Programacao/2017_05/FIMA%20cartazFIMA_concerto_5mai.jpg

Orquestra da Extremadura (OEX) 

Classificação etária:
maiores de 6 anos 
Preços: € 12,00 
Duração do espetáculo: 60 minutos, com intervalo

Ficha artística e técnica
Orquestra da Extremadura
Maestro: Álvaro Albiach
Solista: David Alonso (Saxofone)

Programa
Z. KODÁLY, Danças de Galanta
A. GLAZUNOV, Concerto para Saxofone em Mi bemol, Op. 109
F. SCHUBERT, Sinfonia nº 4 em Dó menor, D. 417, “Trágica”

O FIMA 2017 – Festival Internacional de Música do Algarve apresenta “Sinfonia Trágica” com a Orquestra da Extremadura pela batuta do seu maestro titular e diretor artístico, Álvaro Albiach, que viajam de Espanha para este festival.
É de Schubert a sinfonia “Trágica” que dá nome a este espetáculo, a primeira das duas únicas sinfonias que o compositor escreveu no modo menor, tradicionalmente associado à ideia de tristeza. Kodály e as suas “Danças de Galanta”, baseadas numa publicação de cinco danças típicas da região de Galanta e de manifesta influência cigana nos seus ritmos e melodias, são a proposta seguinte do reportório que se completa com o “Concerto para Saxofone em Mi bemol maior, Op. 109”, uma obra de tipo romântico de Glazunov, que será interpretado pelo solista David Alonso.

Produção: FIMA

Apoios: 365 Algarve, Torrié

Newsletter